If is not wine, it’s gossip
Escolha o idioma
  • pt-br
  • en
  • Início
  • Blog
  • Carnaval de Veneza: Origem frisante e fascinante

Carnaval de Veneza: Origem frisante e fascinante

Carnaval de Veneza impossível não conhecer! Mascaras, encantos, historias de amor e sonhos. Cheio de máscaras e vestidos maravilhosos, o fascinante evento presente tem origens tanto quanto encantadoras.

Carnaval está chegando, e exploramos um modo de conhecer a origem do magnífico Carnaval de Veneza: entre bailes de máscara e espetáculo a céu aberto, existe uma história mundana.

Inspirada nas festas greco-romanas, a então República de Veneza concedia a população de baixa renda um período de diversão irreverente.

Era permitido o uso de máscaras  para conceder um total anonimato e evitar a existente divisão de classes sociais.

Esse gesto generoso da República de Veneza era para evitar período de tensão e conflitos, distrair o publico para dar um esfogo a um severo periodo de trabalho a população mais carente.

carnaval-de-veneza

Ao usar máscaras e fantasias, era possível esconder completamente a identidade e, assim, qualquer forma de pertencimento pessoal a classes sociais, sexo ou religião foi anulada.

Todos podiam estabelecer atitudes e comportamentos baseados em novos costumes e aparência modificada. Por esta razão, a saudação que ressoou continuamente no ato de cruzar um novo “personagem” foi simplesmente a máscara da boa-dama.

Existiam no carnaval de Veneza muitos acrobatas, dançarinos, mágicos. A diversão era tanta que o trabalho era deixado de lado. Por muitos séculos, o carnaval tinha uma longa duração, mas estou falando de bem 6 semanas, do dia 26 de dezembro até a quarta feira de cinzas.

Como citado, o carnaval Veneza tinha raízes greco-romanas então dali foi fácil criar um estreita relação com o teatro.

Faziam homenagens ao deus do Vinho, Baco em italiano ou então Dionísio em grego, jogos teatrais e apresentações em homenagem ao vinho e ao divertimento.

Dali surgiram os grandíssimos bailes de máscara, em belíssimos palácios venezianos, assim se tornou famoso mundialmente desde então século 18.

As festas mais transgressivas surgiam ao pôr do sol. Atos de baixa moralidade começavam irradiar pela cidade de Veneza, violência e trocas de fantasias. O anonimato deixou de ser algo para elevar-se dos problemas, mas sim para atos de vandalismo e libidinagem.

Estes atos e a queda da República de Veneza contribuíram para o encerramento das festas de carnaval.

A data do último carnaval de Veneza è no ano de 1797, com a invasão napoleônica, veio a abolição ao carnaval durante dois séculos.

Somente a partir de 1967 que começaram as festas de carnaval, com o retorno dos costumes e bailes, e que faz sucesso até os dias de hoje.

Este ano de 2019, o carnaval em Veneza inicia em 16 de fevereiro até o dia 5 de março.

Experiências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em breve!

Estamos preparando um e-book exclusivo com regiões italianas e cantinas para você visitar!

 


Gossip Wine| Via Dino Compagni, 18 - 36015 Schio - Vicenza (Italia) 
info@gossipwine.com | Tel. +39 333 626 6431